“Midsommar”, novos ciclos e comunidades pagãs

Alerta: Este texto contém spoilers Durante todo 2019, ouvi falar bastante sobre "Midsommar", terror de Ari Aster ("Hereditário"), mas estava com receio em assistir, pois sou pagã e já não é fácil lidar com estereótipos negativos sobre minha comunidade. Porém, durante a quarentena, a Amazon Prime adicionou o filme ao seu catálogo e a curiosidade... Continuar Lendo →

Resenha: “Joy” (2018)

De produção austríaca, o enredo gira em torno do tráfico sexual nigeriano nas ruas de Viena. Estrelado por Joy Anwulika Alphonsus, o filme é um retrato duramente real da prostituição de mulheres africanas.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora